Qual a diferença entre lettering e tipografia?

Mazáaa! lettering, desenhar letras

Lettering e tipografia são técnicas bastante utilizadas tanto no mundo das artes quanto do design gráfico. Ambas dizem respeito à manipulação de letras e fontes e, por isso, é comum haver alguns equívocos a respeito de seus conceitos.

Confira a seguir, uma rápida explicação sobre as principais diferenças entre as duas atividades.

Lettering   


Lettering pode ser definido como “a arte de desenhar letras”, e está relacionado à criação de logotipos e a composições artísticas no estilo “all-type”. Ou seja, o lettering não segue um conjunto padronizado de fontes e dificilmente pode ser replicado.

Mazáaa! comunicação

A palavra lettering, cunhada no idioma inglês, indica uma ação. Ela é composta pelo termo letter, "letra", mais o complemento -ing. A origem mais distante vem do latim litera, que significa "letra do alfabeto".

Tipografia


A tipografia é considerada a técnica de combinar estilos e famílias de fontes de maneira harmônica. É o uso de tipos (letras, caracteres) padronizados e replicáveis em grande escala. Como é o caso da editoração de revistas e livros, onde uma combinação de fontes é utilizada várias e várias vezes na composição do todo. Obtém-se assim um conceito visual marcante e de fácil leitura.

A palavra tipografia vem do grego typos, "marca, impressão, forma original" e de graphé, "escrita".


Mazáaa! comunicação

Tipografia também é considerada uma disciplina, que estuda aspectos como forma, contexto, legibilidade, moda, adequação de estilo, significado e composição visual. Pois o intuito da tipografia é justamente o de padronizar formas que possam ser replicadas de maneira contínua, como nos textos.

Lembre-se: uma boa tipografia depende exclusivamente de uma boa escolha de fontes. O resultado é um projeto visual harmônico e equilibrado, que proporciona uma leitura rápida e agradável a quem observar.