Briefing: o que é?

Mazáaa! briefing e design

Nem sempre o cliente consegue parar para pensar de forma organizada sobre as necessidades de um projeto. É durante a fase de briefing que dúvidas, problemas e posicionamentos costumam surgir. Logo, o briefing deve estar no topo da lista de ítens de qualquer planejamento.

Briefing é o instrumento utilizado tanto para coletar quanto para transmitir informações importantes a respeito de um projeto. Trata-se de um questionário comum, ou em formato de “canvas”, elaborado preponderantemente por agências de comunicação e de marketing para discutir e compreender a necessidade do cliente. Esse tipo de documento serve de apoio às equipes de planejamento e criação por descrever as diretrizes básicas relacionadas ao projeto, campanha, ação, programa, produto.

A palavra briefing tem origem no idioma inglês e é composta por brief, “breve, resumo, curto”, e o complemento -ing, que indica uma ação.

Brifar, na gíria dos "medias", significa coletar as principais informações de uma campanha e, também, o ato de compartilhar essas informações com outras pessoas. Esse exercício é praticado durante a chamada reunião de briefing, dirigida para o cliente ou para a equipe de criação.

Não existe um modelo padrão de briefing. Cada agência, situação ou modelo de negócio do cliente requer um roteiro de perguntas diferente. No entanto, existem aspectos gerais que devem ser explorados sempre, sobre qualquer tipo de projeto. São eles:

1) O problema ou necessidade
2) A situação atual do cliente/produto/serviço
3) A expectativa e o objetivo em torno do projeto
4) As limitações tecnológicas e operacionais
5) Os recursos necessários para execução de soluções
6) Os prazos e entregas esperados
7) As pessoas responsáveis pelas informações do projeto

A partir dessas diretrizes, você e sua equipe podem criar blocos de perguntas e desenvolver o próprio roteiro de briefing.

Por fim, lembre-se: a fase de coleta de dados junto ao cliente é um momento bastante oportuno para estabelecer empatia e estreitar relações entre as equipes de trabalho. Se preciso, vá além do roteiro e não saia da reunião sem compreender a fundo o negócio do cliente. Aproveite cada segundo com inteligência e sabedoria para conquistar a confiança das pessoas envolvidas no projeto. Quanto mais sua equipe conhecer os detalhes do projeto, maiores serão as chances de sucesso nos resultados.