8 dicas para tornar o seu atendimento mais eficiente

Atendimento de agência de publicidade e propaganda


1. Crie vínculos afetivos e emocionais com o seu cliente


Comece a pensar o seu negócio pelo atendimento. Uma agência que esteja sempre presente e atenda bem o seu cliente tem boas chances de conseguir trabalhos pequenos mesmo durante crises econômicas e de retração de mercado. Inúmeras pesquisas comprovam que as pessoas investem dinheiro baseadas, principalmente, na emoção. As boas relações influenciam diretamente o emocional das pessoas, e o emocional, o bolso delas.

2. Responda sempre


Nem que seja para dizer: “Obrigado! Acabo de receber o seu e-mail. Respondo em tal prazo, data ou horário”. Não existe sensação pior para o cliente do que ficar no “vácuo”, sem saber se a agência recebeu a mensagem e se está tratando dela. E assim que tiver uma resposta mais clara e completa, envie imediatamente ao cliente. Sem demora.

3. Envolva o seu cliente 


Use estratégias de engajamento e colaboração. A maioria dos clientes não quer saber apenas quando o projeto solicitado será entregue, mas sim, participar do desenvolvimento. E quando falo em participação, não quero dizer que o cliente precisa saber de cada passo ou rabisco realizado no projeto, mas sim, em que fase se encontra e o que foi produzido até então.

4. Defina uma frequência de contato que fique boa para você e para o seu cliente


Se possível, defina junto com ele esse detalhe. Não seja tão frequente, a ponto de parecer impertinente, e nem tão omisso, que pareça distante e indiferente ao cliente. Se preciso for, e viável também, utilize um sistema CRM (Customer Relationship Management) para controlar essa frequência de contato e as etapas de atendimento.

5. Fique sempre alerta para possíveis melhorias de percurso 


Se o cliente optar por outra agência ou profissional, procure saber o porquê dessa troca. Consulte o cliente. Verifique e analise se há alguma melhoria a ser realizada no seu modo de atendimento. Certifique-se de que o mesmo não esteja ocorrendo com outras contas.

6. Mantenha uma relação saudável com o cliente


Mesmo que ele opte pelos serviços de outro profissional, não desista dele por completo. Mantenha contato via e-mail, ligue de vez em quando para saber de suas demandas de trabalho, envie um cartão ou outra lembrança em datas importantes como aniversários, convide-o para eventos promovidos ou não por você e que possam ter relevância para cliente.

7. Utilize outras formas de contato


Utilize algum tipo de informativo para manter o cliente a par das novidades de sua agência ou atuação profissional. Seja via e-mail, SMS, WhatsApp ou outra ferramenta (de acordo com o perfil do cliente). Fale sobre novas aquisições em estrutura e, até mesmo, repasse dicas relevantes sobre o mercado de atuação dele. E mais uma vez, tente maneirar na frequência de envio.


8. Seja flexível em relação ao pagamento de cada trabalho


Busque novas alternativas de acordo com o perfil do seu cliente. Na maioria das tratativas de trabalho, o cliente não aceitará o job apenas por questões de pagamento. O parcelamento, por exemplo, oferece ao cliente a possibilidade que reaver (ou até superar) o seu investimento antes mesmo de quitar a última parcela. Esse pode ser um bom argumento estratégico para fechar novos e bons negócios.

Em resumo, lembre-se: de nada adianta agregar produtos e serviços ao seu portfólio se a prioridade não for atender bem o cliente. Mude a chave! Trabalhe o seu mindset e de sua agência. Seja mais que um fornecedor: seja o melhor amigo do seu cliente.

Leia também: 
Atendimento: o calcanhar de Aquiles de agências e profissionais de comunicação