Jornalismo de dados: recursos para coletar, organizar e analisar dados

Jornalismo de Dados


Hoje, os jornalistas têm ferramentas e material diversificado para praticar o jornalismo guiado por dados ao alcance das suas mãos. As notícias são divulgadas em diversas plataformas quase que no mesmo instante em que acontecem, e por diferentes fontes. Daí então, as informações sobre o fato são filtradas por uma ampla rede de conexões sociais (ou virtuais), sendo julgadas, comentadas e, muito frequentemente, ignoradas. E é exatamente nesse processo que o jornalismo de dados entra em jogo, para juntar informações, filtrar e visualizar o que está acontecendo a partir de fatos comprovados. Sem adivinhação e com menos citações.

Eis uma oportunidade e tanto para o jornalismo investigativo.

Mas o que é exatamente o jornalismo de dados?


Segundo o Centro Knight, programa de extensão e capacitação profissional para jornalistas na América Latina e no Caribe:

“A cobertura jornalística com base em dados é uma combinação de variados campos – de design gráfico a pesquisa investigativa.
...
“O primeiro passo para se tornar um jornalista de dados é achar as informações. Atualmente existem inúmeras fontes online que facilitam este processo.
...
“Acessar os dados é apenas metade da batalha, já que os jornalistas também precisam ser capazes de compilar, interpretar e organizar os dados recolhidos.”

Há vários cursos disponíveis para que os alunos comecem a se aprofundar em técnicas do jornalismo de dados, como o da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), da Escola de Dados e do Knight Center da Universidade do Texas.

Curiosidade: Devido a um vasto volume de informações públicas postadas pelo governo, os meios de comunicação estão projetando novas ferramentas para torná-las disponíveis ao público. O jornal The Guardian, de Londres, criou o site World Government Data, um portal com milhares de bases de dados em 19 portais de informações governamentais. Imaginem se outros jornais seguirem o mesmo caminho.

 
Modelos de gráficos

Recursos para começar o trabalho de jornalismo de dados


Data Driven Journalism
Para quem quer iniciar os estudos no jornalismo de dados. No site, são disponibilizados diversos recursos para aprendizagem, como eventos, ferramentas, seminários, entrevistas e estudos de casos.

Open Data Cook Book
Guia para encontrar dados abertos, aqueles disponíveis gratuitamente para uso, sem restrições de direitos autorais ou patentes.

Get the Data
Fórum com perguntas e respostas sobre como encontrar dados relativos a um problema específico, seja qual for.

Is it Open Data?  
Site que ajuda a descobrir se as informações são provenientes de bases de dados abertos.

Data Hub 
Site que oferece uma coleção de várias bases de dados públicos.

Dipity  
Aplicação que permite criar linhas do tempo interativas.

Codecademy  
Para quem se interessar em aprender a arte da programação para criar suas próprias plataformas interativas.

Spending Stories
Para ajudar repórteres a usar ferramentas para a análise do gasto publico.

Acesso à Informação no Brasil
Dados divulgados por entidades do Poder Executivo em obrigação a Lei nº 12.527 (LAI).

Recursos para filtrar e consolidar dados


IBM Many Eyes 
Uma ferramenta que ajuda a criar visualizações de base de dados.

Google Fusion Tables  
É uma aplicação de tabelas que também cria visualizações de dados.

Google Public Data Explorer 
Um programa projetado para "fazer com que grandes conjuntos de dados sejam fáceis de explorar, visualizar e comunicar".

 Leia também:

Como utilizar a Lei de Acesso à Informação (LAI) em prol da sociedade?



Matheus Caporal Goularte

Matheus Caporal Goularte
Colunista do Mazáaa!
Estudante de Jornalismo na Famecos e assessor de imprensa no Centro de Auditores do TCE-RS.